Vamos sair. E o bebê?

Desde que chegamos ao Brasil algumas pessoas ficam um pouco chocada de levarmos Olivia para TODOS os lugares.

Explico: No Brasil, temos uma cultura bem forte de permanecemos em nossas raízes, nascemos, crescemos, estudamos, mudamos, mas sempre na mesma cidade e próximo aos nossos. Não estou julgando, até porque sinto muita falta disso em minha vida em terras inglesas, porém esta proximidade não é nossa realidade e com isso Olivia vai onde tivermos que ir. E assim permanecemos por aqui, já que Olivia mama em livre demanda e rola uma criação com apego.

E Olivia vai ao banco, vai ao restaurante, vai ao mercado, vai pra tudo quanto é lugar grudada no papai e na mamãe. E como é isso de ter um bebê a tiracolo? É a nossa realidade, é trabalhoso, estamos sempre cheios de tralhas, mas estamos vivendo e continuamos a fazer quase tudo que fazíamos antes.

Dá para almoçar fora? Dá!

Dá para viajar? Super dá!

Dá para ir ao mercado? Nosso carrinho de bebê foi pensando nisso, com uma super cesta para carregar as compras.

Dá para ir a praia? Confesso que essa tem que ter disposição, por ser MUITO mais coisas para proteger o bebê, mas dá!!

Dá para jantar fora? Dá, mas isso depende do horário de rotina do seu bebê. A vida na Inglaterra é mais cedo que aqui, então ela dorme mais cedo e isso faz com que ela vire babyzila depois de certo horário, mas sair da rotina também faz parte e é aprendizado para os pequenos também.

Dá para fazer atividades físicas? Se você é mãe solo vai precisar de uma academia com creche ou fazer aquelas aulas mamãe e bebê. Se tem um parceiro, dá sim, a cria fica com o pai e vamos vivendo.

Dá para fazer picnic? Ahhh claro que dá!!

Dá para dormir até mais tarde? Aí depende do padrão de sono do seu filho hahaha mas não dá para ter tudo na vida, né?

Dá para trabalhar de casa? Depende do sono e da independência do bebê. Aqui ainda é complicado, mas vamos conseguindo e organizando a rotina conforme aparece. Temos uma bebê de 8 meses e super ativa, ainda esta bem complicado conseguir sentar no computador sem ajuda do pai e vice versa.

Dá para ir para noitada? Dá não, amigx!

Desde que esta Pitica nasceu não deixamos de fazer nada, vamos adaptando nossa vida a um bebê, mas não estamos deixando a visa ser guiada e regrada por programas infantis, até porque ela ainda nem brinca assim, né, quem sabe quando começar a andar e falar.

Dá para fazer quase tudo com o seu bebê e não é motivo para se trancar em casa de forma nenhuma. E é tão divertido ver a criança aprendendo a se portar nos lugares e se tornando aquele lindo ser social. É só sucesso fazer parte de tudo isso!!!

Voltinha por Santa Teresa – Rio de Janeiro

Vamos sair. E o bebê? Vai junto!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s