Adquirindo novos hábitos

Já estou perto de completar dois anos em terras inglesas, e acredito que morar em uma cidade onde somos bem poucos brasileiros (que eu conheça) facilita se entrosar mais com a cultura local. Claro que isso é possível estando perto de conterrâneos, mas facilita bastante não tê-los perto, né?! Então, enumerei alguns hábitos que observo andando pela minha cidade e que percebi que tenho feito/usado com bastante frequência no meu cotidiano.

1 – Alimentação 

Os hábitos de alimentação do inglês são bem diferentes. Não almoçam (de acordo com o padrão brasileiro), jantam e tomam aquele café da manhã bem pesado, conhecido por todo mundo, o tal do English Breakfast. Esses hábitos eu não consigo adquirir, pois preciso de um bom almoço e nada melhor que torradas e frutas no café da manhã. Porém, já aprendi a amar o chazinho da tarde, acompanhar com um delicioso scone (um tipo de bolo), clotted cream (tentativa de requeijão?) e uma saborosa geleia de frutas. Simplesmente amo agregar o chá da tarde aos meus dias.

Falando em chá, como eu vivi tantos anos da minha vida sem essa variedade de chás? Eu simplesmente amo tomar chá, ainda mais quando existem os Kettles (chaleiras elétricas). No Rio de Janeiro, eu até bebia, mas esse clima inglês pede um chazinho quente, junto com uma coberta e sofá. E não é só para aquecer, os ingleses tomam chá para tudo e sim, eu reforcei esse hábito.

Chá da tarde. Foto do arquivo pessoal

2 – Correr para o sol 



Correr para o sol sempre que ele aparece é um hábito inglês, acredito que europeu, e esse foi tão rapidamente agregado à minha rotina, que nem senti. Sou do Rio, calor, verão o ano inteiro, meu corpo está acostumado com os raios solares, além de todo o benefício para saúde. Sendo assim, abriu um sol, “partiu” sentar em um gramado e curtir os raios do astro rei. Eu achava esse hábito bem engraçado logo que cheguei aqui, mas depois de um inverno bem frio, é fácil entender o motivo de amarem tanto o sol e, além do mais, esses parques ingleses e toda essa natureza linda e bem conservada merecem ser aproveitados, né?!

Stokesay Castle. Foto de Rodrigo de Freitas

3 – Cheers!



Não, isso não é um brinde, ou pode ser! Essa palavrinha é muito utilizada por essas bandas e normalmente vem acompanhada de um Cheers, mate! (Na tradução literal: Obrigado, colega!). Ela é utilizada como uma forma de agradecimento, ou seja, ao invés de utilizar o conhecido thank you, eles também dizem Cheers. O thank you (obrigado, em português) não foi descartado do vocabulário, mas o cheers foi rapidamente agregado ao meu dia a dia. Dá para usar para agradecer ao motorista de ônibus, aos garçons no restaurante, nos pubs ou até para agradecer aos amigos por alguma coisa. Fofo, não?!

4 – Papel higiênico no vaso

O sistema de esgoto do Brasil é algo que dá pano para manga. Algumas cidades já o tem bem desenvolvido, mas outras ainda deixam a desejar. Segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), apenas 56% da população conta com o atendimento de redes coletoras de esgoto e acredito que, por causa disso, já se tornou bem cultural o brasileiro jogar o papel no cesto de lixo ao lado do vaso. No Reino Unido, os canos são mais largos e permitem que o papel seja despejado no vaso sanitário. Eu vejo em shoppings e alguns banheiros públicos a lixeira ao lado do assento, mas de forma geral, o papel é jogado no vaso sanitário. Eu, particularmente, estou gostando bastante de não ter que limpar lixeira no banheiro, visto que aqui não temos a facilidade de “diarista” como no Brasil.

5 -Segurança

Esse é o ponto que mais amo em morar na Inglaterra. O país é conhecido pela segurança e que pode ser relacionado à taxa de pobreza, que é bem baixa, devido aos subsídios do governo: os famosos benefícios. Sem entrar no âmbito político desses benefícios, eles fazem com que diminua bastante o nível de violência de um país, além de roubos pequenos não fazerem parte da realidade. Não se deixe enganar que não vá acontecer, pode, sim, vir a acontecer, então fique sempre atento a sua bolsa e a pertences. Porém, ao caminhar pelas ruas é notória a sensação de segurança, não ter que ficar olhando para os lados ou tomando cuidado com quem está atrás de você. Como não se acostumar rapidamente com isso?

6 – Não conferir o troco

Gente, eles não conferem o troco! Não sei se é algo do país, ou o porquê de eles não conferirem. O sentimento de honestidade é tão arraigado na população, que simplesmente não há necessidade. Acho isso fantástico de simplesmente confiar que o outro não vai estar te enganando. Confesso que não conferia muito trocos no Brasil, ainda mais quando se faz tudo com cartão de débito e crédito, mas é diferente a sensação quando se mora aqui. Todavia, acho importante ressaltar que em qualquer país somos seres humanos e, assim, passíveis de erros.

Esses foram alguns dos hábitos que vi, vivi e adquiri morando aqui, e que comparando, com a minha experiência como brasileira, acho que foram bem proveitosos. Existem alguns que eu nunca gostaria de adquirir, como arrotar em público, mas isso é assunto para um novo post. 

E você ? Tem algum hábito que tenha adquirido passando uma temporada ou morando em outro país?

Cheers

Texto meu publicado este mês no Brasileiras pelo Mundo.

Anúncios

5 comentários sobre “Adquirindo novos hábitos

  1. Hahhahah o meu costume que adquiri aqui e sempre passo uma sensacao estranha para Brasileiros quando nos encontramos é de nao abraçar e beijar rs…vdd, já passei por situacoes de estranhamento por parte de outros Brasileiros quando apenas estendo a mao rs britanicos nao sao warm como nós. Mas depois de uns encontros com Os brazucas e tendo intimidade vai voltando o meu lado warm. Amei o texto. Bjks

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi Juliana, boa tarde,

    Muito interessante o post!
    Sabe, ainda estranho alguns hábitos: esse de arrotar, outro dia fiquei na dúvida se tinha escapado da pessoa…mas agora lendo você dizer que é um hábito….my God….terrível!

    De não conferir o troco, ainda não consigo deixar de conferir, hahaha, não tem jeito, depois de tantos anos fazendo isso, difícil assim largar!

    Um abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s